TOPBAN VACINA 1 750 x 100 px 1

 

Logos Secretarias 03 1


No campo da saúde, a vigilância está relacionada às práticas de atenção e promoção da saúde dos cidadãos e aos mecanismos adotados para prevenção de doenças. Além disso, integra diversas áreas de conhecimento e aborda diferentes temas, tais como política e planejamento, territorialização, epidemiologia, processo saúde-doença, condições de vida e situação de saúde das populações, ambiente e saúde e processo de trabalho. A partir daí a vigilância se distribui entre: epidemiológica, ambiental, sanitária e saúde do trabalhador. A vigilância epidemiológica reconhece as principais doenças de notificação compulsória e investiga epidemias que ocorrem em territórios específicos. Além disso, age no controle dessas doenças específicas. O objetivo principal é fornecer orientação técnica permanente para os profissionais de saúde, que têm a responsabilidade de decidir sobre a execução de ações de controle de doenças e agravos, tornando disponíveis, para esse fim, informações atualizadas sobre a ocorrência dessas doenças e agravos, bem como dos fatores que a condicionam, numa área geográfica ou população definida.

ETAPAS DO SERVIÇO – EPIDEMIOLOGIA:

• Coordenar a resposta estadual às doenças e agravos transmissíveis de notificação compulsória, além dos riscos existentes ou potenciais, com ênfase no planejamento, monitoramento, avaliação, produção e divulgação de conhecimento/informação para a prevenção e controle das condições de saúde da população, no âmbito da saúde coletiva, baseados nos princípios e diretrizes do SUS;

• Gerir e apoiar a operacionalização do Programa de Imunizações no Estado, contribuindo para o controle, eliminação e/ou erradicação de doenças imunopreveníveis, utilizando estratégias básicas de vacinação de rotina e de campanhas anuais, desenvolvidas de forma hierarquizada e descentralizada;

• Planejar, acompanhar e normatizar técnicas das ações de imunização no Estado;

• Instituir, desenvolver, implementar, capacitar, coordenar e avaliar ações de vigilância epidemiológica e assistenciais, relativas às infecções sexualmente transmissíveis (IST), HIV/Aids e Hepatites Virais no Estado;

• Participar de ações de cooperação técnica intra e interinstitucional para a vigilância, prevenção e controle das doenças e agravos transmissíveis, infecções sexualmente transmissíveis, HIV/Aids e Hepatites Virais e ações de Imunização no Estado;

INVESTIGAÇÃO DE ÓBITOS:

  • • Óbito fetal;

• Óbito infantil;

• Óbito materno;

• Óbito de mulheres em idade fértil.

COVID 19 – EPIDEMIOLOGIA - FORMAS DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO:

Com a incorporação da covid-19 na rede de vigilância de vírus respiratórios, houve uma organização para fortalecer a resposta da pandemia, e com isso os objetivos da vigilância da covid-19 são:

• Identificar precocemente a ocorrência de casos da covid-19;

• Estabelecer critérios para a notificação e o registro de casos suspeitos em serviços de saúde, públicos e privados;

• Estabelecer os procedimentos para investigação laboratorial;

• Monitorar e descrever o padrão de morbidade e mortalidade por covid-19;

• Monitorar as características clínicas e epidemiológicas do vírus SARS-CoV-2;

• Realizar rastreamento, monitoramento e isolamento (quarentena) de contatos de casos de infecção pelo vírus SARS-CoV-2;

• Estabelecer as medidas de prevenção e controle;

  • • Realizar a comunicação oportuna e transparente da situação epidemiológica no Município pelo boletim.

 

Secretaria Municipal de Saúde

ENDEREÇO: Rua Cardeal Arcoverde – Santa Maria da Boa Vista – Pernambuco

CEP: 56380-000

COORDENAÇÃO RESPONSAVEL: Joseni Coelho de Souza Júnior

Contato: (87) 9 9603-6096

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Esta informação foi relevante para você?

Conta para a gente!

Carta de Serviços

Público Alvo

Tipo de Atendimento

Assunto